C CNP

Indígenas de Campo Novo do Parecis encantam público na FIT Pantanal 2024

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

No palco da FIT Pantanal, a cultura indígena de Campo Novo do Parecis tomou conta do público em um espetáculo vibrante e contagiante. Os ritmos ancestrais ecoaram pelo espaço, convidando todos a se juntarem à dança e celebrarem a riqueza da cultura.

 

Com trajes tradicionais coloridos e adereços vibrantes, os indígenas apresentaram coreografias que transcendiam o palco, envolvendo o público em uma atmosfera de alegria e união. Os cantos em idiomas nativos criaram uma sinfonia única que emocionou a todos.

 

Mais do que uma apresentação artística, o espetáculo foi uma oportunidade para o público conhecer de perto a cultura indígena de Campo Novo do Parecis, apresentada pelo Cacique Roni da aldeia Wazari, que compartilhou com o público parte de sua histórias, sua conexão com a natureza e a importância de preservar sua cultura.

 

O momento mais especial da apresentação foi quando os indígenas convidaram o público para subir ao palco e dançar junto com eles. Em um grande círculo, pessoas de todas as idades e origens se uniram para celebrar a vida, a cultura e a beleza da diversidade.

 

“Essa apresentação nos convida a refletir sobre a importância de valorizar a cultura indígena brasileira, aprender sobre seus costumes e tradições, respeitar seus direitos e lutar pela preservação e diversidade cultural que é um dos maiores tesouros do nosso país, e devemos protegê-la para as futuras gerações”, contou Fernando Aguiar de Mato Grosso do Sul, que subiu ao palco para dançar com os indígenas.

 

Além da apresentação, os indígenas construíram uma Hati (oca) na parte externa da FIT Pantanal, reproduzindo de forma fiel, a construção de suas moradias originais para conhecimento de quem passa pela feira.

 

“A FIT Pantanal é palco de um encontro único que celebra não só a riqueza cultural do Mato Grosso, mas também Brasil. Nossa apresentação deixa uma mensagem importante: a importância de respeitar e valorizar a diversidade cultural do nosso país”, afirmou cacique Roni.

 

Memórias que ficarão para sempre:

  • A energia contagiante dos ritmos indígenas ecoaram pelo espaço da FIT Pantanal.
  • Os sorrisos no rosto do público enquanto dançavam junto com os indígenas.
  • A sensação de união e respeito pela cultura indígena que permeou o ambiente.
  • A mensagem de que a diversidade cultural é um valor inestimável que deve ser preservado.

 

indigenas.jpeg