C CNP

Ladrão que furtou Juiz e Senador em Cuiabá é preso em Campo Novo após furtar oficina mecânica

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

A Polícia Militar de Campo Novo do Parecis prendeu um homem, horas após ele ter cometido um furto a uma oficina de motos, nesta quinta-feira (29), no centro da cidade. O ladrão tem mais de 10 passagens pela polícia, uma delas quando foi preso após furtar a casa de um Juiz de Direito e um Senador em Cuiabá.

De acordo com a Polícia Militar, o suspeito foi encontrado pelo Grupamento CAR (Comando de Ação Rápida) com os dois aparelhos celulares e com parte do dinheiro furtado no estabelecimento.

O criminoso estava em Campo Novo do Parecis havia 2 dias, vivendo apenas com dinheiro adquirido no crime. Ele foi encaminhado para a delegacia de Polícia Civil para que sejam tomadas as medidas que o caso requer.

 

O furto ao Juiz e ao Senador
Ladrão é preso após invadir casa de juiz e furtar escritório de senador em bairro nobre de Cuiabá

Equipes do 10º BPM prenderam no início da tarde desta segunda-feira (26), um jovem de 19 anos por furto, no bairro Amperco, na capital. Em seu nome constaram 10 passagens criminais, sendo sete por furto, duas de roubo e uma por desobediência.

Os policiais estavam à procura do suspeito que furtou a casa de um juiz no sábado (24) e, nesta manhã, agiu no escritório do senador Carlos Fávaro (PSD)– ambos imóveis  no bairro Santa Rosa. Nos furtos, levou eletroeletrônicos e pertences pessoais.

Toda ação criminosa foi registrada pelo circuito de segurança dos locais e o rapaz identificado. Ele é monitorado por tornozeleira eletrônica, mas estava desligada.

Em diligência e com informações da Agência Regional de Inteligência (Ari) foi descoberto que o suspeito estaria em uma comunidade terapêutica no bairro Jardim Amperco. Rendido, ele usava o relógio furtado da residência. Logo em seguida foram encontrados os três notebooks e uma caixa de som.

O rapaz e os produtos recuperados foram entregues na Central de Flagrante.

 

 

Fonte: Plantão CNP.