P Política

Vereador de Campo Novo do Parecis critica geladeira solidária que fornece alimentos a necessitados

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

Neste momento de combate ao novo coronavírus, onde a solidariedade se tornou uma das principais armas contra a pandemia, muitos voluntários têm se mobilizado para ajudar pessoas em estado de vulnerabilidade social, como é o caso do projeto “Geladeira Solidária”, que tem entre os idealizadores a vereadora Rosinha Colombo e implantado em Campo Novo do Parecis em novembro de 2019.

 

Mais do que nunca e neste momento de crise, a iniciativa se faz necessária para aqueles que não têm acesso a alimentação.

 

Mas nem todos pensam assim. É o caso do vereador Cícero Santos, que usou a tribuna da câmara na última segunda-feira (27), para criticar a nobre iniciativa e falar que o projeto está servindo com que os necessitados que fazem uso da geladeira, sujam a Praça da Cultura e os comércios ao redor.

 

Vale lembrar que o nobre edil já ocupou a pasta da Secretaria de Assistência Social no governo Mauro Valter Berft, que trata justamente daqueles em condições de vulnerabilidade social.

 

A fala do vereador Cícero desagradou não somente a vereadora defensora do projeto, como também colaboradores que sempre destinam alimentos que são consumidos por pessoas e familiares que não tem condições de comprar.

 

Visivelmente nervosa, a vereadora fez uso da tribuna para criticar a fala do vereador Cícero e disse que o projeto da "Geladeira Solidária" atende muitas pessoas necessitadas. Ela complementou sua fala sobre o assunto, pedindo para que o vereador Cícero conheça o projeto antes de tecer críticas ao mesmo.

 

O vereador Vanderlei Baioto defendeu a "Geladeira Solidária" e pediu para que a vereadora Rosinha estendesse o projeto para outros pontos da cidade. "Estamos falando de fome. Quem sentiu ou quem sente, sabe como é", disse o vereador.

 

Segundo Rosinha, o projeto recebe mais de 50 marmitas por dia e que inclusive, possui comércio nas imediações e não relata incômodo por parte dos moradores de rua ou pessoas carentes que tem a fome saciada graças aos alimentos deixados na geladeira solidária.

 

Geladeira Solidária

Com a presença da comunidade e autoridades foi inaugurada na tarde desta quinta-feira, 14, um projeto que era um sonho antigo da vereadora Rosinha Colombo. Na ocasião, o Frei Almir Roeder deu e bênção e ressaltou a importância do ato altruísta que esse projeto significa, bem como, a oportunidade de praticar o bem, o amor ao próximo, a benevolência e atender aqueles mais necessitados do nosso município.

 

A vereadora Rosinha agradeceu a todos os envolvidos que lhe ajudaram a colocar em prática esse projeto que há muito tempo vinha tentando viabilizar. A parlamentar ressaltou ainda a importância desta iniciativa e quanto se sente feliz em final poder efetivá-lo, sendo esse a realização de um antigo sonho.

 

Os vereadores Wagner Tavares e Marcio Nascimento também marcaram presença na inauguração. Para quem já quiser começar a levar suas doações para a “Geladeira Solidária”, ela fica localizada aos fundos do Salão Paroquial e nela consta uma placa com todas as informações necessárias de como armazenar os produtos para que estejam aptos à doação e ao consumo.