P Política

“Quarentena é remédio extremamente duro e vai ter a hora”, diz Mandetta

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

Luiz Henrique Mandetta criticou hoje as diversas ordens locais para determinar quarentenas nas cidades, sem avaliar como anda a epidemia do novo coronavírus em cada uma.

 

“É normal, faz parte dessa situação, nós errarmos e fazermos projeções um pouco fora, por A, B ou C. Temos que ter muita calma porque a quarentena é remédio extremamente duro e vai ter a hora que vamos precisar usar”, disse.

 

“Tem desde redução de mobilidade, que pode fazer antes do lock down. Eu passo a considerar conter um bairro, conter uma cidade. Nós saímos praticamente do início dos números para efeito cascata para lock down em parelelo, como se estivéssemos todos em franca epidemia”, continuou.

 

“Isso causa uma série de transtornos para o próprio sistema de saúde, a única razão de nossas medidas aqui. Quarentena sem prazo determinado para terminar vira parede na frente das necessidades das pessoas, que precisam comer, abastecer suas casas”, disse.

 

Por Renan Ramalho - O Antagonista

Publicidade
Banner Coprodia
Publicidade
Banner Covid-19

+ Acessadas

Publicidade
Banner Covid-19