P Política

Em nota, prefeito de Campo Novo do Parecis diz que não negociará aumento salarial com servidores

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

O Prefeito de Campo Novo do Parecis, Rafael Machado (PSD), emitiu Nota de Esclarecimento nesta terça-feira (31), acerca da paralisação dos servidores da educação e fiscalização.

 

De acordo com a Nota, os gastos dos recursos públicos com o pagamento da folha salarial dos servidores públicos estão acima do limite prudencial, que é de 51,3%, o que impossibilita, segundo a Nota, um aumento salarial para as categorias em greve.

 

Na nota, o prefeito diz que "Com o índice acima do limite prudencial de 51,3%, por determinação da Lei de Responsabilidade Fiscal, fica impedido de renegociações salariais;".

 

Em outro trecho, o prefeito Rafael Machado diz que "(...) falhas no PORTAL DA TRANSPARÊNCIA estão sendo sanadas.”.

 

Por fim, o prefeito pede cooperação e ações coerentes para encontrar uma solução viável o mais breve possível para a população que precisa dos serviços públicos, sem citar os envolvidos nas paralisações, que são os professores e fiscais.

 

Confira a Nota de Esclarecimento na íntegra: