P Polícia

Sargento da PM preso suspeito de vender armas e munição para ladrões em Campo Novo do Parecis é exonerado

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

Um sargento da Polícia Militar, preso em julho deste ano em Campo Novo do Parecis, suspeito de vender armas e munições para ladrões, foi demitido do cargo. O ato de exoneração foi publicado no Diário Oficial do Estado (DOE) e é assinado pelo comandante-geral da PM, coronel Marcos Vieira da Cunha.

 

A demissão atende a uma decisão da Segunda Vara Criminal e Cível de Campo Novo do Parecis, cuja pena acessória aplicada foi a decretação da perda do cargo público.

 

O militar foi preso no dia 23 de julho deste ano no quartel daquele município. Durante revista na casa dele foram apreendidas espingardas e revólveres.

 

O sargento foi preso após a prisão de cinco pessoas que tentavam roubar uma caminhonete. Eles usavam toucas ninjas, máscaras e fitas para amordaçar as vítimas e tinham um revólver. A arma teria sido comprada com o policial.

 

Segundo a Polícia Civil, no celular de um dos homens haviam mensagens com as negociações para a compra do armamento.

 

Ao todo, foram localizadas na casa dele 10 armas entre espingardas e revólveres e munições de diversos calibres.

 

G1 MT