P Polícia

Presos fazem colegas reféns e 5 detentos ficam feridos após tumulto em cadeia de Campo Novo do Parecis

Avaliação do Usuário

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

Reeducandos da unidade prisional de Campo Novo do Parecis tentaram realizar um motim neste domingo (05.08), durante o encerramento do horário de visita. Ao ser encaminhado para as celas, um grupo de 20 presos segurou e arrastou outros quatro internos da ala evangélica como reféns para a cela 5.

 

Ao ouvir os pedidos de socorro dos reféns, os agentes penitenciários providenciaram a tranca dos demais presos e a saída dos visitantes em segurança. Em seguida, foi solicitada a presença dos agentes de folga para auxiliarem na negociação. Conforme o diretor da unidade, Edvano Trindade, após escutar que uma pessoa estava sendo esfaqueada, foi necessário o uso de equipamentos de contenção, tendo em vista que os presos dificultaram o acesso dos agentes nas celas colocando colchões na grade e trancando o portão.

 

O tumulto foi controlado e o preso ferido foi conduzido pelo Samu para o hospital da cidade. Ele teve apenas ferimentos superficiais, seu quadro de saúde é estável e já se encontra de volta à unidade. Outros quatro presos do grupo que causou o tumulto também tiveram ferimentos em decorrência da contenção feita pelos agentes e foram atendidos e medicados.

 

Os 20 presos envolvidos no motim foram levados para a cela de triagem e serão ouvidos pelo delegado da cidade para as medidas cabíveis. Um boletim de ocorrência foi registrado na Polícia Civil.

 

Todos os envolvidos na tentativa de motim responderão a um procedimento disciplinar aberto pela unidade prisional.

 

Fernanda Nazário | Sejudh-MT