M MT

Governo de MT confirma continuidade de escalonamento de salários e prevê regularização em dois anos

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

O governo de Mato Grosso confirmou, nesta quarta-feira (30), a continuidade do escalonamento da folha de pagamento dos servidores no mês de fevereiro. No início do ano, o Executivo anunciou o parcelamento dos salários em janeiro alegando dívidas acumuladas da antiga gestão.

 

A previsão é que cerca de 13 mil servidores recebam o salário de dezembro nesta quarta-feira e, dessa forma, o governo liquide a folha de pagamento do mês passado.

O restante dos servidores, aposentados e pensionistas já haviam recebido em outras datas estipuladas pelo governo, conforme a faixa salarial.

Para o próximo mês, entretanto, o governo anunciou mudanças na forma de pagamento.

 

“Não vamos mais pagar por faixa salarial. Haverá um pagamento linear, de acordo com o dinheiro em caixa, dividido por todos os servidores (ativos e inativos), de modo que todos recebam uma parcela do salário – ou a integralidade –, no dia 10 de fevereiro”, afirmou o secretário estadual de Fazenda, Rogério Gallo.

Para os servidores, a mudança não agrada tanto.

 

“Vai ser ruim para aqueles que estavam recebendo integralmente e vai ser com para quem está chegando agora no final do mês e não tem R$ 1 para custear as despesas básicas”, afirmou Oscarlino Alves, representante do Fórum Sindical.

 

Ao todo, a folha de pagamento do próximo mês é estimada em R$ 440 milhões.

A estimativa do governo é que a regularização no pagamento dos salários só seja possível em dois anos.

“Nós estimamos que no segundo semestre já tenhamos condição de trazer o pagamento de toda a folha até o dia 10. Esse é um trabalho para priorizar o servidor, mas um regime de normalidade só em dois anos”, completou Gallo.

 

 

Por G1 MT