M MT

93 presos de MT se classificam para a 2ª fase de Olimpíada Brasileira de Matemática

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

Noventa e três presos de quatro unidades prisionais de Mato Grosso se classificaram para a segunda fase da 15ª Olimpíada Brasileira de Matemática (OBMEP).

 

Participaram das provas da primeira fase 850 presos que estudam pela Escola Estadual Nova Chance em unidades de Cuiabá, Rondonópolis e Várzea Grande - Penitenciária Central do Estado, Penitenciária Major Eldo Sá Corrêa e Centros de Ressocialização da capital e de Várzea Grande.

 

Também fizeram as provas 49 adolescentes que estão cumprindo medidas socioeducativas em unidades de Cuiabá e Cáceres.

 

Entre os presos foram aprovados para a próxima fase da olimpíada 63 que estão cursando do 6º ao 9ª ano do ensino fundamental e mais 30 do ensino médio.

 

Há salas de aula em atividade em 49 unidades prisionais, que representam para muitos presos a porta de entrada para uma nova oportunidade e a chance de seguir um rumo diferente na vida.

 

As 102 salas de aulas são extensões da Escola estadual Nova Chance, responsável pelo ensino nas unidades prisionais, que tem 2.556 presos matriculados na educação básica.

 

A Penitenciária Central do estado, em Cuiabá, e a Penitenciária Regional de Rondonópolis, abrigam o maior percentual de estudantes.

 

Obmep

As provas da segunda fase da Olimpíada de Matemática serão aplicadas no dia 28 de setembro. Os presos e adolescentes realizam as provas nas salas de aula das unidades. O resultado nacional da Obmep será divulgado em 3 dezembro, com premiação dos finalistas.

 

A Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas é um projeto nacional dirigido às escolas públicas e privadas brasileiras, realizado pelo Instituto Nacional de Matemática Pura e Aplicada, com o apoio da Sociedade Brasileira de Matemática, e promovida com recursos do Ministério da Educação e do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações.

 

Criada em 2005 para estimular o estudo da matemática e identificar talentos na área, a Obmep tem entre os objetivos estimular e promover o estudo da Matemática, contribuir para a melhoria da qualidade da educação básica e incentivar o aperfeiçoamento dos professores das escolas públicas, contribuindo para a sua valorização profissional.

 

O público-alvo da olimpíada é composto de alunos do 6º ano do ensino fundamental até último ano do ensino médio. Em 2018, mais de 18 milhões de alunos participaram da olimpíada.

 

G1 MT

Foto: Sispen/MT

 
 
Publicidade
Banner Coprodia
Publicidade
Banner Independência Agrotriunfo 2

+ Acessadas

Publicidade
Banner Covid-19