G Geral

Servidores Públicos de Campo Novo do Parecis rejeitam retorno de contribuição sindical

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

A tentativa do Sindicato dos Servidores Públicos de Campo Novo do Parecis de retornar a cobrança do imposto sindical, que se tornou opcional no final do ano passado, não foi à frente após a maioria dos servidores votarem contra.

 

A Assembleia Geral Extraordinária, convocada pelo Sindicato, reuniu na noite de ontem (16), uma parcela significativa dos servidores, que em sua grande maioria, não aceitaram as justificativas dos sindicalistas para o retorno da cobrança de 1 dia de trabalho por ano.

 

Vale lembrar que, o Sindicato dos Servidores é mantido através da cobrança de 2% dos salários dos servidores mensalmente.

 

Segundo dados da prestação de contas, o Sindicato arrecadou no ano de 2017, apenas com os 2% descontados dos servidores, cerca de R$ 667 mil reais.

Publicidade
Banner Independência Agrotriunfo
Publicidade
Banner Covid-19

+ Acessadas

Publicidade
Banner Covid-19