G Geral

Agentes penitenciários suspendem atividades para cobrar convocação de aprovados em concurso

Avaliação do Usuário

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

Os agentes penitenciários de Mato Grosso iniciaram, nesta terça-feira (2), uma suspensão em atividades para cobrar do governo a convocação dos aprovados em concurso público. A decisão foi tomada em assembleia realizada no dia 25 de setembro. O governo ainda deve se manifestar sobre a suspensão.

 

Por causa do movimento, as atividades chamadas de 'não essenciais' estão suspensas.

 

Segundo o sindicato que representa a categoria, a suspensão não há prazo para encerrar.

 

A partir desta terça-feira, ficam suspensas: as visitas aos detentos, atendimento aos advogados e oficiais de Justiça, cumprimento de alvará de soltura e mandado de prisão contra réus presos.

 

Segundo Amaury Benedito Paixão das Neves, presidente do Sindicato dos Servidores Penitenciários e Mato Grosso (Sindspen-MT), a paralisação deve ser mantida até que o governo sinalize que vá realizar a convocação.

 

Ao todo, 3 mil servidores no estado aderiram ao movimento.

 

Uma nova assembleia está marcada para a próxima sexta-feira (5). Na ocasião, os profissionais devem avaliar os rumos do movimento.

 

G1 MT