C CNP

IFMT de Campo Novo do Parecis produz sabão artesanal para auxílio no enfrentamento da Covid-19 no município

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

Na tarde da última quinta-feira (21), integrantes de um projeto de reaproveitamento de óleo de cozinha deram início à produção de uma remessa de sabão artesanal, que será entregue à Prefeitura Municipal de Campo Novo do Parecis, especificamente à Secretaria Municipal de Assistência Social, que fará a distribuição dos produtos à comunidade que necessitar.

 

O sabão será produzido pela equipe do projeto “Produção de sabão a partir do óleo de fritura como ação preventiva da Covid-19 no IFMT campus Campo Novo do Parecis”, visando auxiliar no combate ao novo coronavírus, já que lavar as mãos com sabão é uma das principais orientações da Organização Mundial da Saúde.

 

O diretor-geral do campus, Fábio Luis Bezerra, reforçou a importância das atividades de envolvimento do IFMT campus Campo Novo do Parecis e parabenizou todos os envolvidos nessas ações de enfrentamento da Covid-19.

 

A equipe executora do projeto acredita que a iniciativa seja uma alternativa sustentável para a reutilização de óleo usado. “Além de diminuir os impactos ambientais causados pelo descarte inadequado de resíduos, apresenta a vantagem de ser economicamente viável, gerar menos resíduos e lixo e ter potencial econômico para comercialização”, justificou Iusseny do Nascimento Soares Souza, coordenadora do projeto.

 

Outro fator que merece destaque é que o uso do sabão é fortemente indicado para a superação da crise na saúde pública, já que a limpeza de ambientes e a higienização pessoal são formas de prevenção da doença.

 

Sobre o projeto

Em função da pandemia do novo coronavírus, as professoras Iusseny do Nascimento Soares Souza e Ginia Brito de Lima decidiram que seria um momento oportuno e ideal para a execução do projeto “Produção de sabão a partir do óleo de fritura como ação preventiva da Covid-19 no IFMT campus Campo Novo do Parecis”, com o objetivo de produzir sabão para limpeza em geral a partir da reutilização de óleo cozinha, evitando o descarte incorreto no meio ambiente.

 

Segundo Ginia, “a ideia foi elaborada frente a identificação da necessidade social deste produto para o enfrentamento da pandemia que assola o país”.

 

A primeira fase do projeto ainda está sendo executada com o óleo usado, gerado pelo refeitório do Instituto Federal do Mato Grosso, campus Campo Novo do Parecis, para produção de sabão e distribuição à comunidade como medida de combate e controle da contaminação pelo vírus Covid-19.

 

Porém, as ações englobam a implantação de um sistema de coleta de óleo de fritura envolvendo a comunidade e também a oferta periódica de minicursos de produção de sabão para a comunidade, fornecendo à sociedade soluções técnicas e tecnológicas de baixo custo. Porém, devido a pandemia da Covid-19, essa ação só poderá ser efetivada em um momento mais oportuno.

 

O projeto, segundo a professora Ginia, tem potencial e almeja-se dar continuidade permanente à produção de sabão, visando o reaproveitamento constante de todo óleo utilizado pelo campus, a fim de convertê-lo a um produto para uso corriqueiro da Instituição.

 

Equipe

Os integrantes do projeto são técnicos e docentes do IFMT campus Campo Novo do Parecis. Confira a lista dos envolvidos:

Professores:

Ginia Brito de Lima

Iusseny do Nascimento Soares Souza

Carlos Henrique Correa dos Santos

Simon Yukiiti Kanematsu

Técnicos Administrativos em Educação:

Gabriela Santos Borges da Silva

Wellington Rodrigues de Albuquerque

 

 Carla Londero – Ascom IFMT Campus Campo Novo do Parecis

Publicidade
Banner Coprodia
Publicidade
Banner Covid-19

+ Acessadas

Publicidade
Banner Covid-19