C CNP

Previous Next

Aldeias abrem as portas para o turismo e visitantes podem conhecer cultura de povos indígenas de Campo Novo do Parecis

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

Aldeias indígenas em Campo Novo do Parecis, a 397 km de Cuiabá, abriram espaço para o turismo e estão recebendo visitantes. Os turistas podem acompanhar a rotina dos indígenas e em algumas delas, participar dos rituais sagrados e danças culturais. Atualmente, é possível conhecer cinco das 12 aldeias da região.

 

Os turistas também podem acampar nos locais, inclusive dormir em casas tradicionais dos indígenas da etnia Paresí.

 

Cachoeiras e cavernas localizadas no município também podem ser exploradas pelos visitantes.

 

Histórias míticas, rituais de dança, canções tradicionais e pinturas corporais indígenas são alguns dos atrativos do roteiro de visita a cinco aldeias. O turista pode escolher as aldeias e a duração do passeio, que pode variar entre um e cinco dias.

 

Localizada a 80 km do município de Campo Novo do Parecis, o acesso a Aldeia Indígena Salto da Mulher se dá pela antiga estrada que liga Campo Novo a Sapezal, cerca de 30 km em via não pavimentada.

 

Para visitar a aldeia, o turista precisa procurar agências de turismo da região, pois os passeios só podem ser realizados com autorização do cacique de cada uma delas.

 

A aldeia Salto da Mulher possui como atrativo a cachoeira que lhe dá o nome. Para acessar a queda d'água o turista precisa andar por 600 metros em uma trilha. A cachoeira é formada pelo Rio Sacre.

 

Os valores de visitação na aldeia Salto da Mulher variam de R$ 20,00 a R$ 35,00, com direito a vestimentas típicas dos índios. Os valores não incluem transporte até o local.

 

Com informações: Bruna Barbosa/ Donizete Pontes - Parecis.Net