A Agro

Busca pelo conhecimento agrícola cresce entre indígenas de Campo Novo do Parecis

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

O Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar) capacita no Centro de Treinamento e Difusão Tecnológica (CTDT) de Campo Novo do Parecis, 12 alunos sobre aplicação de agrotóxicos utilizando pulverizador autopropelido. A participação de alunos indígenas é grande e tem chamado a atenção. Dos 12 alunos matriculados, 9 são índios.

 

O curso, com carga horária de 40 horas, tem como objetivo treinar os alunos com relação à segurança na utilização, operacionalidade e a manutenção dos equipamentos de aplicação dos agrotóxicos, entre outros assuntos.

 

Segundo Anderson Alves Brasileiro, formado em Engenharia Agrícola e instrutor credenciado no Senar-MT, é a primeira vez que ele vê uma participação tão “maciça” de alunos indígenas em treinamentos oferecidos pelo Senar, o que demonstra o interesse dos mesmos na busca pelo conhecimento, tendo em vista que eles passaram a tomar conta de suas lavouras.

 

Para Jucinei Avelino Ozoizaese, morador da Aldeia Katyola e gerente da unidade 1 de plantação, o curso oferecido pelo Senar-MT tem se mostrado de muita valia, pois os plantios realizados por sua comunidade, mesmo em grande escala, eram feitos sem o conhecimento teórico e, a partir dos treinamentos, certamente suas lavouras passarão a ter um rendimento muito melhor. Ainda segundo Jucinei, todo o conhecimento que os indígenas obtiverem no curso será repassado para os demais de sua aldeia.

 

ASCOM Sindicato Rural de Campo Novo do Parecis

Publicidade
Banner Coprodia
Publicidade
Banner Covid-19

+ Acessadas

Publicidade
Banner Covid-19